Dicas financeiras que vão mudar sua vida em 2022

por | jan 21, 2022 | Educação Financeira | 0 Comentários

Um novo ano começou e você deve ter feito bastante promessas com relação a sua vida financeira, não é verdade?

Esse artigo é para te dar uma ajudinha. Vamos explorar várias dicas para que você consiga realmente virar a chave em 2022.

Faça pausas no trabalho

Trabalhar ou estar disponível 24 horas por dia e sete dias por semana pode até trazer um pouco de sucesso, mas cada vez mais temos certeza que parar é preciso.

A nossa mente precisa descansar, por isso é preciso dar uma pausa, e isso vai contribuir para que você tenha mais qualidade no trabalho e também uma melhor qualidade de vida.

Emendar uma atividade na outra nem sempre é saudável, seja no trabalho ou seja em dias de descanso. Momentos de descanso ajudam a oxigenar o cérebro e ajudam nos momentos que você precisar de criatividade.

Procure fazer uma coisa de cada vez.

Pesquisas mostram que fazer mais de uma tarefa ao mesmo tempo, tem consequências negativas como redução da satisfação profissional, prejuízo nas relações pessoais, efeito negativo sobre a memória e a saúde e prejuízo à criatividade, como já falamos acima.

Defina suas prioridades, aprendendo a dizer “não”

Para muitas pessoas, negar um pedido pode parecer quase impossível. É uma habilidade que pode parecer impossível, mas temos que desenvolver ao longo da vida.

Dizer sim para tudo pode sobrecarregar você como profissional e isso caminha na direção oposta de uma vida saudável.

Aprender a dizer não é fundamental para definir prioridades, não só no trabalho, mas também na vida pessoal.

É preciso entender o que realmente tem importância e aí fica mais fácil desapegar do que não nos faz bem ou que não agrega tanto valor à nossa vida.

Ser realista com a sua agenda é essencial para que você consiga se organizar e administrar seu tempo. Claro que de alguns compromissos não se pode abrir mão, mas simplificar a rotina nos ajuda a descobrir quais são seus limites.

Estamos em um momento onde o índice de endividamento atingiu o recorde de 74,6% e isso mostra que a vida do brasileiro não está nada fácil. Ainda assim, é preciso manter a esperança de que haverão novas oportunidades em 2022 e que a economia vai melhorar.

Invista no mercado de trabalho e no planejamento financeiro

Uma boa forma de mudar sua vida financeira, é buscar uma autoestima profissional. Sabe fazer algo? Invista em um curso da área. Se profissionalize e não deixe isso para depois.

A quitação de dívidas, metas, poupança e investimentos devem ser colocadas em prática, e por isso você deve começar desde já. Precisa trocar de emprego para isso? Comece a procurar então.

Invista em planilhas, e controle suas finanças e o que pode ser gasto no mês. Extratos do banco, aplicativos e sua agenda podem ajudar também.

Envolva os moradores da sua casa em suas finanças. Deixe claro que você está querendo mudar sua realidade financeira e para isso terá que tomar algumas atitudes. Eles poderão lhe ajudar.

Não é preciso ter uma renda grande para começar a investir. É possível fazer um investimento com R$ 30,00 no Tesouro Direto, por exemplo. A sugestão é que você reserve parte do salário para conseguir investir todo mês.

Ter uma reserva de emergência é importante, afinal, imprevistos acontecem. Calcule seu custo de vida fixo x 6 ou 12 meses e guarde esse dinheiro para ser sua reserva de emergência. Assim você não passará apuros caso seja demitido ou algum cliente não pague as faturas por exemplo.

Controle seus hábitos de consumo

Comece a refletir sobre o que você tem comprado ultimamente. São coisas que você realmente precisa?

O consumismo é constantemente estimulado pela publicidade e pelo marketing e por isso é importante ter autoconhecimento e autocontrole para não se deixar levar.

Faça uma lista de produtos que você precisa comprar em um futuro próximo. Quando estiver em uma loja comprando algo, cheque se esse item está na lista que você fez. Se não estiver, provavelmente não é tão necessário assim, o que indica que você está fazendo essa compra por impulso.

Anote no seu celular, três perguntas que você deve fazer antes de qualquer compra:

 – eu quero realmente isso?

 – eu posso comprar isso?

 – eu preciso realmente disso?

Se a resposta for não, para qualquer uma dessas perguntas, desista da compra.

Aprenda a usar o cartão de crédito a seu favor

O cartão de crédito não é um vilão, e sim um aliado, tudo vai depender da forma como você o usa.

Cartão de crédito está relacionado com tempo e dinheiro, pois ele permite que você compre agora e pague mais tarde. Porém, se você não pagar as faturas em dia, pagará juros altos por conta disso.

O que nem todo mundo sabe, é que se você já tiver o dinheiro para fazer a compra, mas optar pelo cartão de crédito, poderá deixar esse dinheiro rendendo em uma conta remunerada até o dia do pagamento da fatura. A longo prazo, esse comportamento é vantajoso.

Muitos cartões de crédito possuem programa de pontos e milhas que podem trazer benefícios para o titular. Tudo depende do seu perfil de consumidor, é claro, então, se você já tem problemas com dívidas, é melhor evitar o uso. Prefira o pagamento à vista, pois se você tem o dinheiro irá comprar, senão não.

Estabeleça metas palpáveis

De nada adianta, ter como meta “vou ficar rico em 2022” se isso não for uma meta realizável para o ano.

Suponha que seu desejo seja comprar uma casa. Primeiro passo é saber quanto custa a casa, e qual o valor mensal e o tipo de investimento que você terá que fazer para aplicar o dinheiro.

Assim, você já transforma seu sonho em meta e dividiu em pequenas metas fáceis de serem alcançadas

Não se compare com outras pessoas

Por último, não deixe que uma vida de status lhe encha os olhos. Pense na sua realidade.

Não se preocupe com o vizinho que comprou um carro novo, ou a viagem que seu primo está fazendo, foque em você.

O que você quer? E o que está te impedindo? É nisso que deve estar seu foco.

É aos poucos que se constrói uma vida financeira saudável e esse é o momento certo para começar.

Portanto, comece agora!

Augusto Maurício

Augusto Maurício

Formado em Engenharia, iniciei no mercado de ações em 2004 realizando operações de Swing Trade. Naquela época não existia muita informação como hoje e meu aprendizado foi baseado em livros e tentativas e erros. Com a prática conquistei mas conhecimento do que perdas, e não foram poucas. Hoje me sinto capaz e faço parte de uma equipe que me motiva a ajudar a transformação na vida das pessoas.

0 comentários

Enviar um comentário

Outros artigos